Piña Colada – Arriba, Puerto Rico!

Piña ColadaQuando se fala em Porto Rico a gente lembra de Ricky Martin, Menudos, calor, praia, Benicio Del Toro e um batalhão de gente invadindo os Estados Unidos. Mas Puerto Rico nos deu algo muito maior, muito melhor, muito mais rico (eu não podia deixar de fazer o trocadalho). Sim, ela, a Piña Colada!

A origem da Piña Colada tem ‘várias variedades’ de versões. A mais antiga diz que foi inventada por um pirata portorriquenho chamado Roberto Cofresí y Ramírez de Arellano, que misturava rum, abacaxi e coco, essa misturinha dos Deuses, e dava pra ‘galerê’ do navio ficar animada. E olha, animava, viu!

Em 1979 a bebida se popularizou no mundo todo depois que Rupert Holmes gravou esta belíssima canção chamada “Ecape (The Piña Colada Song)”.

Hupert sensualiza demais, não?

Pois vamos à clássica receita da famigerada Piña Colada.

Nível de dificuldade: Fácil

Copo: Coquetel 285ml

INGREDIENTES

– 30ml de Rum (pelo menos Bacardi, né?);
– 30ml de leite de coco;
– 30ml de xarope de açúcar ou (eu prefiro) leite condensado;
– 125ml de suco de abacaxi (sem açúcar)
– Gelo em cubos ou picados;
– 1 pedaço de abacaxi com casca para decorar.

PREPARO

Sem segredo. Coloque todos os ingredientes numa coqueteleira (sem o pedaço de abacaxi, ‘fazfavor’) e agite mais que surra de bunda. Despeje no copo de coquetel sem coar. Decore com o pedaço de abacaxi e um canudo. Delícia, fantástico. É a Piña Colada.

E aí? O que achou, Hupert?

hupert-holmes

Sobre Bruno Silva

Bruno Silva é corinthiano apostólico romano, fotógrafo apaixonado por comida boa, drinks, carros, tecnologia e pela Ilanninha. Profissional do trocadilho, especialista em rabugice.
Esta entrada foi publicada em Rum e marcada com a tag , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta